A secretária durante a transição para o Mercado Livre de Energia

Seja na dinâmica das empresas corporativas ou de recursos humanos, em escritórios de advocacia, setores financeiros, consultórios, instituições de ensino e clínicas de saúde, lá está ela, a secretária, desempenhando um papel crucial para o funcionamento eficiente das organizações.

Indo além de seu papel multifacetado e das tarefas administrativas tradicionais, ela, por possuir um entendimento íntimo das operações cotidianas da empresa, emerge como importante figura dentro das organizações. Aliás, seu conhecimento prático a torna uma fonte valiosa de insights. E a sugestão para a adoção do Mercado Livre de Energia é uma demonstração clara dessa contribuição estratégica.

Neste artigo vamos explorar alguns aspectos que destacam a importância estratégica dessa profissional nas empresas.

Suporte operacional e tomada de decisões

Ao se encarregar da gestão das comunicações e da coordenação das agendas, a secretária atua diretamente no suporte operacional. Além disso, sua proximidade com os líderes a mantém atualizada sobre os detalhes do cotidiano da empresa. Tal conhecimento minucioso é crucial para embasar decisões assertivas, agilizar processos e otimizar a eficiência organizacional.

E é também nos momentos de crise que essa profissional se torna um alicerce valioso. Com sua habilidade em manter a calma, gerenciar prioridades e coordenar ações emergenciais, ela se destaca na estabilidade operacional da empresa. A capacidade de resposta rápida e a habilidade em lidar com situações imprevistas tornam a secretária uma peça-chave em tempos desafiadores.

Redução de custos e otimização de recursos

A busca contínua por eficiência é uma preocupação constante para as empresas. A secretária, muitas vezes subestimada nesse contexto, é personagem importante na otimização de recursos porque, ao gerenciar eficientemente o tempo, organizar eventos e coordenar logísticas, ela contribui diretamente para redução das despesas operacionais.

Com o início do Mercado Livre de Energia para consumidores do grupo A ligados à média tensão e com contas de valores acima de R$ 10 mil por mês, a secretária pode mostrar que esta é uma das melhores soluções para redução de custos nas empresas.

Demandas da secretária na transição

  1. Análise de custos energéticos:
  • Ao gerenciar as operações diárias, a secretária pode perceber padrões de consumo de energia e identificar picos de demanda. Essa análise detalhada a coloca em uma posição única para sugerir a transição para o mercado livre, onde a negociação direta pode levar a tarifas mais competitivas e, consequentemente, à redução de custos.
  1. Pesquisa de fornecedores:
  • A secretária pode realizar pesquisas detalhadas sobre os diversos fornecedores disponíveis no Mercado Livre de Energia ao ficar responsável em coordenar diversas atividades. Essa pesquisa prévia é crucial para apresentar aos gestores informações fundamentadas sobre as opções disponíveis e as vantagens competitivas que podem ser exploradas.
  1. Preparação de documentação:
  • Familiarizada com a papelada administrativa, a profissional pode preparar a documentação necessária para a transição para o Mercado Livre de Energia. Isso inclui a coleta de dados de consumo, histórico de faturas e qualquer outra informação relevante que facilite o processo de negociação.
  1. Comunicação interna eficiente:
  • A sugestão para a adesão ao Mercado Livre de Energia envolve a comunicação eficaz com diversos setores da empresa. A secretária, sendo muitas vezes a ligação entre diferentes departamentos, desempenha um papel crucial na disseminação de informações e no esclarecimento de dúvidas, garantindo o entendimento geral e o apoio à decisão.
  1. Acompanhamento do processo:
  • Durante o processo de transição para o modelo livre, a profissional do secretariado atua no acompanhamento de prazos, na coordenação de reuniões com representantes de fornecedores e na garantia de que todo o processo ocorra de maneira eficiente.
  1. Avaliação contínua:
  • Após a transição, a secretária pode continuar fazendo uma avaliação contínua dos resultados por meio do monitoramento das faturas de energia, comparando com períodos anteriores e relatando eventuais problemas, além, é claro, de contribuir para a eficácia a longo prazo dessa decisão estratégica.

Realizando esse passo a passo, com certeza a secretária facilitará o funcionamento operacional, assim como também se tornará uma fonte de informações para os líderes. Sua influência ultrapassa as tarefas administrativas e a destaca como uma figura central na condução eficiente e informada das operações diárias da empresa.

Faça sua simulação
pelo Whatsapp